Missão Missão

Promover o conhecimento, a criatividade e a inovação, criando condições de igualdade no acesso às tecnologias digitais. A Casa do Conhecimento tem como objetivo primordial a inclusão digital das populações na Sociedade da Informação e o reforço das suas competências e qualificações, num espaço de criatividade e inovação para o desenvolvimento e experimentação de tecnologia.

Eixos de programação Eixos de programação

Tecnologias Inclusivas

A Casa do Conhecimento permite o acesso às tecnologias da informação no contexto da Sociedade da Informação numa lógica inclusiva, disponibilizando um conjunto de serviços que possibilitam o acesso a tecnologias aplicadas em contextos do quotidiano, contribuindo desta forma para fomentar a inclusão digital e social.

Tecnologias Educativas

O Município de Vila Verde pertence à Associação Internacional das Cidades Educadoras, uma iniciativa que vai ao encontro de um conceito de educação amplo e plural, que abarca contextos de educação formal e não-formal. Neste sentido, a Casa do Conhecimento representa um contributo relevante para a implementação de uma cidade educadora ao constituir-se como uma infraestrutura urbana de cariz tecnológico para a conectividade digital, disponibilizando um centro de recursos partilhado para a comunidade escolar, na área das tecnologias educativas.

Tecnologias Criativas

A Casa do Conhecimento é um espaço aberto às tecnologias criativas, que na sua amplitude, permitem desenvolver processos de aprendizagem e criatividade, passando por etapas de experimentação, exploração e reflexão.

Notícias Notícias

Voltar

A 4ª edição da Comunidade de Leitores Rede Casas do Conhecimento foi encerrada pela Casa do Conhecimento de Vila Verde com o livro “FAZER PELA VIDA: um retrato de Fernando Pessoa o empreendedor”

A 20ª sessão da 4ª edição da Comunidade de Leitores Rede Casas do Conhecimento, realizada ontem, dia 16 de junho, encerrou-se com o livro “FAZER PELA VIDA: um retrato de Fernando Pessoa o empreendedor”, uma escolha da Casa do Conhecimento de Vila Verde.

A sessão dinamizada por Manuela Barreto Nunes, Investigadora em Ciência da Informação, Bibliotecária e Coordenadora da Biblioteca Municipal de Vila Verde e por Sofia Saldanha, Realizadora de Áudio decorreu de forma muito dinâmica, destacando-se na opinião dos leitores pela forma descontraída de apresentar e falar de Fernando Pessoa. Repleta de pormenores e curiosidades, a sessão deu a conhecer Fernando Pessoa, não como poeta mas como “pessoa” que tem de fazer pela vida para subsistir. Citando António Mega Ferreira neste seu livro “o que me interessa, neste conjunto de textos, é abordar a vida de Pessoa pelo lado da sobrevivência material (…) [não como trabalhador de outrem, mas] o que foi empreendimento seu, mesmo que apenas sonhado como os seus numerosos inventos”(p. 17), acrescentando “um poeta mesmo genial (…) tem direito a comer, a dormir, a amar (...)” (p. 19) .

Numa combinação sublime do livro de Mega Ferreira com peças da série documental sonora “Não sei o que o amanhã trará – um passeio sonoro na Lisboa de Fernando Pessoa”, realizada por Sofia Saldanha, os presentes foram transportados àquela, cidade onde Fernando Pessoa viveu grande parte de sua vida, e imaginaram a vida do poeta através de sons e relatos de quem o conheceu e estudou. Centrando-se no baú de Fernando Pessoa, classificado desde 2009 como bem de interesse nacional, Manuela Barreto Nunes e Sofia Saldanha deram início à viagem pela vida de Pessoa, desvendando particularidades fascinantes e pouco conhecidas daquele que para além de poeta foi, também, empreendedor e inventor.

A Comunidade de Leitores Rede Casas do Conhecimento é uma iniciativa conjunta dos Serviços de Documentação e Bibliotecas e Casa do Conhecimento de Universidade do Minho, da Casa do Conhecimento de Boticas, da Casa do Conhecimento de Paredes de Coura, da Casa do Conhecimento de Montalegre e da Casa do Conhecimento de Vila Verde.

A Comunidade de Leitores regressa em setembro para a sua 5ª edição!

Casa do Conhecimento de Vila Verde,

17 de junho de 2021

 

 

 

 

 


Espaços Espaços

Auditório Multimédia

Espaço dotado de um sistema de projeção estereoscópica (3D).

Sala das Tecnologias Criativas

Área de exposição destinada às tecnologias criativas, onde poderão estar, em modalidade temporária, módulos de robótica, eletrónica, realidade aumentada, impressão 3D.

Exposição Interativa Área de exposição onde se pode interagir com módulos interativos.

Sala Imersiva

Espaço constituído por um sistema audiovisual, proporcionando um ambiente imersivo.
Salas de Formação/Polivalente 
Duas salas versáteis, equipadas com sistemas de projeção multimédia e quadros interativos para formação, de instalação de laboratórios temáticos, exposições, workshops.

 

 

 

 

 

Links úteis Links úteis