Missão Missão

Promover o conhecimento, a criatividade e a inovação, criando condições de igualdade no acesso às tecnologias digitais. A Casa do Conhecimento tem como objetivo primordial a inclusão digital das populações na Sociedade da Informação e o reforço das suas competências e qualificações, num espaço de criatividade e inovação para o desenvolvimento e experimentação de tecnologia.

Eixos de programação Eixos de programação

Tecnologias Inclusivas

A Casa do Conhecimento permite o acesso às tecnologias da informação no contexto da Sociedade da Informação numa lógica inclusiva, disponibilizando um conjunto de serviços que possibilitam o acesso a tecnologias aplicadas em contextos do quotidiano, contribuindo desta forma para fomentar a inclusão digital e social.

Tecnologias Educativas

O Município de Vila Verde pertence à Associação Internacional das Cidades Educadoras, uma iniciativa que vai ao encontro de um conceito de educação amplo e plural, que abarca contextos de educação formal e não-formal. Neste sentido, a Casa do Conhecimento representa um contributo relevante para a implementação de uma cidade educadora ao constituir-se como uma infraestrutura urbana de cariz tecnológico para a conectividade digital, disponibilizando um centro de recursos partilhado para a comunidade escolar, na área das tecnologias educativas.

Tecnologias Criativas

A Casa do Conhecimento é um espaço aberto às tecnologias criativas, que na sua amplitude, permitem desenvolver processos de aprendizagem e criatividade, passando por etapas de experimentação, exploração e reflexão.

Notícias Notícias

Voltar

MobiCurtas 6ª Edição - 2018

Já se encontra em curso a 6ª Edição do MobiCurtas. Por mais um ano consecutivo, este projeto da Rede de Clubes da Casa do Conhecimento envolve com entusiasmo todos os Agrupamentos/Escolas de Vila Verde.

A 6ª Edição do MobiCurtas designada “Imagens de Ciência”, como o próprio nome indica, foca a sua atenção na ciência. Pretende-se que os jovens centrem a sua atenção em fenómenos com que se deparam no seu quotidiano, façam experiências, as interpretem e as comuniquem à luz da ciência. No contexto do MobiCurtas, essa comunicação passa pela imagem e consequentemente, pela produção de conteúdos multimédia, que sejam exemplificativos e explicativos das experiências realizadas.

A produção de conteúdos, hoje em dia, é facilitada pela diversidade de meios tecnológicos disponíveis e acessíveis aos jovens. O telemóvel, uma ferramenta de uso diário, para além da sua utilização prática pode estar ao serviço da criatividade e da produção de conteúdos multimédia. Nesta 6ª edição do MobiCurtas pretende-se que ciência e tecnologia estabeleçam uma relação de mutualismo, em prol dos participantes desta edição.

Na escola são introduzidos conceitos básicos de ciência e o MobiCurtas, para além de pretender dar o seu contributo, pretende ser um incentivo a esse trabalho, introduzindo a variante da produção de conteúdos. Colocar os jovens em contacto com a ciência pode tornar-se uma mais valia para lhes aumentar o interesse e o conhecimento nesta área. Ter acesso ao conhecimento científico e sobretudo a experiências práticas, pode tornar mais fácil a sua interpretação e transposição para o quotidiano. Formar na área da ciência, possibilitará formar cidadãos mais intervenientes, esclarecidos, responsáveis e com competências adaptadas ao mundo atual.

A comunidade científica, cada vez mais, pretende desmistificar a ciência e aproximá-la dos cidadãos, tende a fazer comunicação de ciência de uma forma acessível, usando ferramentas de comunicação,também elas, acessíveis. Comunicar ciência é cada vez mais imprescindível, uma vez que a sociedade atual está cada vez mais dependente dela.

Como habitualmente, a 6ª Edição do MobiCurtas contará com três fases. A primeira fase, já concretizada a 24 de janeiro, consistiu num Workshop, apresentado pelo Eng. Adelino Silva e pela Bióloga Lúcia Pereira, destinado aos professores representantes da Rede de Clubes da Casa do Conhecimento. Nesta sessão de trabalho a comunicação de ciência foi um dos objetivos e para tal foram demonstradas duas experiências e os fenómenos que poderiam ser descritos. Em simultâneo, e também de uma forma prática na medida em que as experiências estavam a ser filmadas, foram abordados os aspetos técnicos a ter em conta para uma filmagem com qualidade, tais como estabilidade de imagem, condições de luz, fundos, etc.. A segunda fase será a de Produção de Conteúdos ,desenvolvida em contexto escolar em articulação com a Casa do Conhecimento. A terceira fase passará pela Exibição dos conteúdos multimédia produzidos, prevista para o final do mês de abril, a realizar na Casa do Conhecimento.

Somos envolvidos pela ciência diariamente, desde os procedimentos mais básicos aos mais complexos, o desafio está em identificá-los e percebê-los para que possam tornar a nossa vida mais funcional. Resta-nos aguardar e ver de que forma este desafio desperta a curiosidade e a criatividade dos mais jovens.

30 de janeiro de 2018

 

 

 


 


Espaços Espaços

Teatro Virtual 

Auditório multimédia dotado de um sistema de projeção estereoscópica (3D).

Sala das Tecnologias Criativas

Área de exposição destinada às tecnologias criativas, onde poderão estar, em modalidade temporária, módulos de robótica, eletrónica, realidade aumentada, impressão 3D.

Exposição Interativa Área de exposição onde se pode interagir com módulos interativos.

Sala Imersiva

Espaço constituído por um sistema audiovisual, proporcionando um ambiente imersivo.
Salas de Formação/Polivalente 
Duas salas versáteis, equipadas com sistemas de projeção multimédia e quadros interativos para formação, de instalação de laboratórios temáticos, exposições, workshops.