Missão Missão

Promover o conhecimento, a criatividade e a inovação, criando condições de igualdade no acesso às tecnologias digitais. A Casa do Conhecimento tem como objetivo primordial a inclusão digital das populações na Sociedade da Informação e o reforço das suas competências e qualificações, num espaço de criatividade e inovação para o desenvolvimento e experimentação de tecnologia.

Eixos de programação Eixos de programação

Tecnologias Inclusivas

A Casa do Conhecimento permite o acesso às tecnologias da informação no contexto da Sociedade da Informação numa lógica inclusiva, disponibilizando um conjunto de serviços que possibilitam o acesso a tecnologias aplicadas em contextos do quotidiano, contribuindo desta forma para fomentar a inclusão digital e social.

Tecnologias Educativas

O Município de Vila Verde pertence à Associação Internacional das Cidades Educadoras, uma iniciativa que vai ao encontro de um conceito de educação amplo e plural, que abarca contextos de educação formal e não-formal. Neste sentido, a Casa do Conhecimento representa um contributo relevante para a implementação de uma cidade educadora ao constituir-se como uma infraestrutura urbana de cariz tecnológico para a conectividade digital, disponibilizando um centro de recursos partilhado para a comunidade escolar, na área das tecnologias educativas.

Tecnologias Criativas

A Casa do Conhecimento é um espaço aberto às tecnologias criativas, que na sua amplitude, permitem desenvolver processos de aprendizagem e criatividade, passando por etapas de experimentação, exploração e reflexão.

Notícias Notícias

Voltar

Casa do Conhecimento promove Seminário sobre Tecnologia Educativa - Inclusão Digital na Sociedade da Informação

A Casa do Conhecimento de Vila Verde, o Instituto da Educação da UMinho e a Casa do Conhecimento da Universidade do Minho promoveram, no dia 2 de junho, o Seminário Tecnologia Educativa Inclusão Digital na Sociedade da Informação, que teve como propósito a apresentação de resultados das investigações do mestrado em Ciência da Educação – Tecnologia Educativa, no âmbito da Casa do Conhecimento de Vila Verde, no ano letivo de 2012-2013.

O Mestrado em Ciências da Educação, na área de Tecnologia Educativa tem como objetivo primordial promover a preparação de docentes dos vários níveis de ensino, formadores e outros profissionais com conhecimentos e competências para a Sociedade Digital.

As Casas do Conhecimento são uma Rede que agrega agentes locais e recursos tecnológicos, visando a dinamização da região no contexto da Sociedade da Informação.

O Seminário apresentado é mais uma iniciativa do Município de Vila Verde, no que diz respeito à agenda local para o digital e para a inclusão das comunidades locais na Sociedade da Informação. Neste caso em concreto, para a comunidade educativa como contributo para o incremento da educação digital.

A sessão de abertura contou com quatro participações, representativas das entidades promotoras.

A Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Dra. Júlia Fernandes mencionou a abrangência do trabalho desenvolvido na Casa do Conhecimento de Vila Verde. Prosseguiu com um agradecimento aos palestrantes, aos moderadores, à Universidade do Minho, frisando que toda a sala estava expectante e curiosa “sobre os trabalhos que surgiram neste Mestrado de Tecnologia Educativa”. Finalizou deixando “um pedido muito especial do Município à Universidade do Minho,(…) na pessoa do Professor Bento Silva e do Professor Luís Amaral,” para “trazer um novo mestrado para Vila Verde, que poderá decorrer nas excelentes instalações da Casa do Conhecimento”.

De seguida, o Engº José Ismael Graça, Coordenador da Casa do Conhecimento de Vila Verde fez uma breve apresentação da Casa do Conhecimento, do seu conceito, da sua missão, dos seus objetivos, do trabalho em Rede com a Rede de Casas do Conhecimento e com a Rede de Clubes Casa do Conhecimento e de algumas iniciativas desenvolvidas.

Por sua vez, o Professor Doutor Luís Amaral, Coordenador da Rede de Casas do Conhecimento, apresentou as Casa do Conhecimento comparando-as com o conceito “casa”, no sentido de serem um espaço acolhedor para a comunidade, onde várias iniciativas podem acontecer.

Para finalizar este painel, o Professor Doutor Bento Silva, Coordenador da área de Tecnologia Educativa no Mestrado de Ciências da Educação, especificou que este Mestrado “tem a particularidade de estar onde é preciso, daí ter sido abraçado pelos estudantes” e pela Universidade do Minho, tendo funcionado já, em Paredes de Coura e em Vila Verde. Fez, ainda, alusão, à importância do novo conceito de sala de aula, através do sistema de vídeo conferência, que reúne pessoas de diferentes pontos geográficos e que possibilita aprendizagens, partilhas e interações enriquecedoras, eliminando a necessidade presencial da sala de aula tradicional.

O Seminário prosseguiu com a palestra, Cenário Atual e Perspetivas de Educação à Distância, de Luís Amaral, Professor no Departamento de Sistemas de Informação da Escola de Engenharia e Coordenador da Rede de Casas do Conhecimento, com moderação de António José Osório, Professor no Departamento de Estudos Curriculares e Tecnologia Educativa da UMinho e professor no Mestrado de Ciências da Educação – Tecnologia Educativa;

A primeira mesa de apresentação de resultados da pesquisa (dissertação de mestrado) teve como moderadora Altina Ramos, Professora no Departamento de Estudos Curriculares e Tecnologia Educativa da UMinho e professora no Mestrado de Ciências da Educação – Tecnologia Educativa e as seguintes comunicações das mestras em Ciências da Educação – Tecnologia Educativa pela Uminho: Youtube no pré-escolar, de Ilda Teles; Recursos digitais no Jardim-de-Infância para promover multiliteracias, de Senhorinha Teixeira; O software noteflight na educação musical, de Sandra Fernandes.

A segunda mesa de apresentações com moderação de Lia Raquel Oliveira, Professora no Departamento de Estudos Curriculares e Tecnologia Educativa da UMinho e professora no Mestrado de Ciências da Educação – Tecnologia Educativa, prosseguiu com as exposições das mestras do Mestrado em questão: Urban Games e o Código QR na aprendizagem da geografia: um estudo com alunos de 7º ano de escolaridade, de Liliana Vieira; As Tecnologias de Informação e Comunicação na comunicação aumentativa e alternativa: um estudo em unidades de educação especial, de Patrícia Pinheiro.

A síntese do Seminário ficou a cargo de José Alberto Lencastre, Professor no Departamento de Estudos Curriculares e Tecnologia Educativa da UMinho e professor no Mestrado de Ciências da Educação – Tecnologia Educativa.

A Vereadora da Educação, encerrou o Seminário elogiando todos os trabalhos de investigação apresentados, deixando o convite a todos os presentes para desenvolverem futuras iniciativas com a Casa do Conhecimento de Vila Verde.

03 de junho de 2017

GALERIA FOTOGRÁFICA


Espaços Espaços

Teatro Virtual 

Auditório multimédia dotado de um sistema de projeção estereoscópica (3D).

Sala das Tecnologias Criativas

Área de exposição destinada às tecnologias criativas, onde poderão estar, em modalidade temporária, módulos de robótica, eletrónica, realidade aumentada, impressão 3D.

Exposição Interativa Área de exposição onde se pode interagir com módulos interativos.

Sala Imersiva

Espaço constituído por um sistema audiovisual, proporcionando um ambiente imersivo.
Salas de Formação/Polivalente 
Duas salas versáteis, equipadas com sistemas de projeção multimédia e quadros interativos para formação, de instalação de laboratórios temáticos, exposições, workshops.