Missão Missão

Promover o conhecimento, a criatividade e a inovação, criando condições de igualdade no acesso às tecnologias digitais. A Casa do Conhecimento tem como objetivo primordial a inclusão digital das populações na Sociedade da Informação e o reforço das suas competências e qualificações, num espaço de criatividade e inovação para o desenvolvimento e experimentação de tecnologia.

Eixos de programação Eixos de programação

Tecnologias Inclusivas

A Casa do Conhecimento permite o acesso às tecnologias da informação no contexto da Sociedade da Informação numa lógica inclusiva, disponibilizando um conjunto de serviços que possibilitam o acesso a tecnologias aplicadas em contextos do quotidiano, contribuindo desta forma para fomentar a inclusão digital e social.

Tecnologias Educativas

O Município de Vila Verde pertence à Associação Internacional das Cidades Educadoras, uma iniciativa que vai ao encontro de um conceito de educação amplo e plural, que abarca contextos de educação formal e não-formal. Neste sentido, a Casa do Conhecimento representa um contributo relevante para a implementação de uma cidade educadora ao constituir-se como uma infraestrutura urbana de cariz tecnológico para a conectividade digital, disponibilizando um centro de recursos partilhado para a comunidade escolar, na área das tecnologias educativas.

Tecnologias Criativas

A Casa do Conhecimento é um espaço aberto às tecnologias criativas, que na sua amplitude, permitem desenvolver processos de aprendizagem e criatividade, passando por etapas de experimentação, exploração e reflexão.

Notícias Notícias

Voltar

Casa do Conhecimento de Vila Verde promove 1ª Feira de Ciência e Tecnologia, visitada por mais de 500 pessoas.

                                                        

Foi um dia e uma noite magnífica a que se viveu na Casa do Conhecimento de Vila Verde, no dia 7 de junho, com a 1ª Feira de Ciência e Tecnologia, uma mostra de projetos de ciência e tecnologia dos alunos das escolas do concelho.

A sessão inaugural aconteceu às 10h00 com a presença da Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Dra. Júlia Fernandes, do Diretor do Agrupamento de Moure e Ribeira do Neiva, Dr. Armando Machado, da Diretora Pedagógica da Escola Profissional Amar Terra Verde, do Diretor da Escola Secundária de Vila Verde, de vários professores e de cerca de 220 alunos.

A Vereadora da Educação expressou a sua satisfação em inaugurar a 1ª Feira de Ciência e Tecnologia dizendo que “é o espelho do excelente trabalho desenvolvido pelos alunos e pelos professores” e “reparei que muitos dos projetos têm uma grande preocupação ambiental e que apresentam soluções para preservar o ambiente, o que nos deixa muito satisfeitos, pois planeta Terra só temos um e não há outro igual à nossa espera. É legitimo quererem defender a “vossa casa” que é este magnífico planeta e que tem sido alvo de muitos maus tratos. É bom saber que os vários projetos ambientais em que participam estão a dar frutos.”. Finalizou felicitando a organização pela excelente iniciativa.

A 1ª Feira de Ciência e Tecnologia é uma iniciativa conjunta da Casa do Conhecimento de Vila Verde, do Clube de Ciência Viva do Agrupamento de Escolas de Vila Verde e do Clube de Ciência Viva do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva e com a colaboração da Escola Profissional Amar Terra Verde e da Escola Secundária de Vila Verde, no âmbito da Rede de Clubes Casa do Conhecimento.

Em exposição estiveram 40 projetos de ciência e tecnologia das referidas escolas e da Casa do Conhecimento, apresentados pormenorizadamente pelos autores. Da mostra fez, ainda, parte a exposição Ponto a Ponto Enche a Ciência o Espaço uma recriação em croché de um recife de corais, do grupo STOL.

A 1ª Feira de C&T foi enaltecida com a participação de quatro especialistas das áreas em questão.

Oceanos: Mais Plástico do que peixe foi a palestra da manhã, pela Drª Alexandra Fernandes, Mestre em Tecnologias do Ambiente que cativou a atenção da vasta plateia com explicações sobre a poluição dos oceanos, a velocidade a que ela ocorre, a forma como os poluímos e a forma inconsciente de como o fazemos, nomeadamente dos mares e da sua poluição com microplásticos. Terminou apresentando formas de estar, viver e consumir que sejam amigas do ambiente .

Por sua vez, a tarde foi brindada com a participação do Doutor Pedro Pimenta Simões, Doutorado em Geologia, que iniciou a sua palestra Vila Verde e outros Mundos – histórias com geologia dizendo “vocês não vivem a geologia, mas respiram geologia”, pois tudo o que nos rodeia tem na sua base material geológico transformado. Centrou a sua apresentação nas características geológicas do concelho de Vila Verde, fazendo também referencia ao fenómenos sísmicos sentidos no concelho.

A tarde continuou com o Doutor Raul Rodrigues, Doutorado em Ciências Agrárias e que na sua apresentação sobre Recuperação e conservação de espécies fruteiras do Minho destacou como única a paisagem minhota que necessita de ser preservada, pois as sucessivas alterações que tem sofrido põem em risco a sua identidade. A sua apresentação focou-se na grande variedade de fruteiras desta região e a importância de manter a sua plantação.

A noite foi preenchida com a presença do Doutor Francisco Pereira, PhD Chemical and Biological, que em género de tertúlia se debruçou sobre a cerveja artesanal, realçando a importância de “elevar a cerveja ao nível da experiência. A ideia de tornar o produto cerveja em algo inovador é demasiado estimulante, na medida em que se procura proporcionar experiências diferenciadas aos seus consumidores, tornando-se um desafio aliciante.”

A 1ª Feira C&T traduziu-se numa grande iniciativa de partilha de experiências e conhecimento, visitada por mais de 500 pessoas.

Ficamos a aguardar a sua 2ª Edição!

Casa do Conhecimento de Vila Verde,

11 de junho de 2019.


Espaços Espaços

Auditório Multimédia

Espaço dotado de um sistema de projeção estereoscópica (3D).

Sala das Tecnologias Criativas

Área de exposição destinada às tecnologias criativas, onde poderão estar, em modalidade temporária, módulos de robótica, eletrónica, realidade aumentada, impressão 3D.

Exposição Interativa Área de exposição onde se pode interagir com módulos interativos.

Sala Imersiva

Espaço constituído por um sistema audiovisual, proporcionando um ambiente imersivo.
Salas de Formação/Polivalente 
Duas salas versáteis, equipadas com sistemas de projeção multimédia e quadros interativos para formação, de instalação de laboratórios temáticos, exposições, workshops.

 

 

 

 

 

Links úteis Links úteis